domingo, 20 de fevereiro de 2011

Dispositivos TTL E CMOS

Olá eu sou estudante de eletronica e esse é meu primeiro post, criei esse blog com o intuito de compartilhar o que estou aprendendo e eventualmente  ajudar algum colega de estudo. Aceito sugestões e correções que possam melhorar a qualidade do material. Ficarei muito grato com colaborações, obrigado.


Vocabulário:
O que significa TTL? Logica transitor - transitor(Transitor - Transitor Logic)
Circuito Integrado (CI's): Integração de diodos, trasitores e componentes eletrônicos em um unico disposivo.

Dispositivo TTL: É um CI, foi introduzido em larga escala apartir dos anos 60, porém foi gradativamente substituido pela tecnologia MOS. Hoje a grande maioria dos circuitos com níveis de integração em larga escala utiliza a tecnologia CMOS (“ Complementary MOS”).

Principais caracteristicas do TTL:
 

Atraso de propagação (fornecido em ns): É o tempo de resposta de uma mudança de nível de saída para outro provocada por diferentes condições nas suas entradas. É considerado o tempo de pior caso.
tphl -> mudança de nível lógico do 1 para o 0.
tplh -> mudança de nível lógico do 0 para o 1.

Dissipação de potência (valores fornecidos em mW): Dissipação de potência  diz respeito quanto menor consumo de energia de uma porta, melhor.

Taxa de clock máxima (Fonecido em MHZ): Indica a máxima velocidade de clock que pode ser aplicada.

Fan-out (para a mesma série): Designa a quantidade de entradas de diferentes dispositivos que uma saída de um dispositivo pode acionar.
Vih (valores minimos)-> valor minimo em voltz que a entrada poderá apresentar para ser reconhecida como de nível 1.
Voh(valores minimos)-> valor minimo em voltz que a saída poderá apresentar quando em nível 1.
Vil(valores máximos)-> valor máximo que uma entrada poderá apresentar para ser reconhecida como de nível 0.
Vol(valores máximos)-> valor máximo que uma saída poderá apresentar para ser reconhecida como de nível 0.

Vnh = Voh - Vih (margem de ruido para o estado de nível 1.)
Vnl = Vol - Vil (margem de ruido para o estado de nível 0)

IIH -> especifica a corrente de entrada que pode ser fornecida por um dispostivo em nível 1.
IOH-> especifica a corrente de saída que pode ser fornecida por um dispositivo em nível alto.
IIL-> especifica a corrente de entrada que pode ser fornecida por uma dispositivo em nivel baixo.
IOL-> especifica a corrente de saída que pode ser fornecida por um dispositivo em nível 0.


CMOS: Hoje a grande maioria dos circuitos com níveis de integração em larga escala utiliza a tecnologia CMOS (“ Complementary MOS”). Comparando os dispositivos TTL com CMSO, podemos notar que esse suporta maiores taxas de tensões, isso torna mais versáteis.

Memórias em semicondutores:
Terminologia:
Célula de memoria: unidade de armazenamento de memoria, ou seja, armazena 1 bit.
Palavra de memoria: um byte representa uma palavra de 8 bits e word 16 bits.
Kbytes -> 2¹º bytes
MBytes -> 2²º bytes

Operação de leitura -> Faz a copia do valor lido da memoria no dispositivo que o requisitou.

Operação de escrita -> novo byte é colocado na memoria, os dados anteriores são destruidos.

Tempo de acesso -> Existe o tempo de leitura e o tempo de escrita, o de acesso é o maior deles.

Memoria Volatil -> Só armazena informações enquanto está conectada a energia eletrica.

Memoria de acesso Randomico -> A localização físicas dos bytes não influencia no tempo de acesso.


Memoria sequencial -> A localização física dos bytes influencia no tempo de acesso, e preciso percorrer um determinado seguimento de memoria para se chegar a um ponto X.


Memoria RMW -> leitura/escrita

Memoria ROM -> leitura

fontes:
http://www.eletrica.ufpr.br/piazza/materiais/Rodrigo&Samuel.pdf     acesso 20/02/2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário